sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Morre o Ator Roberto Gómez Bolaños que interpretou ''Chaves'' e ''Chapolin Colorado ''

Roberto Gómez Bolaños (Cidade do México, 21 de fevereiro de 1929 — Cancún, 28 de novembro de 2014) mais conhecido como Chespirito, foi um ator, escritor, comediante, dramaturgo, compositor e diretor de televisão mexicano. Ficou conhecido mundialmente pela criação das séries televisivas El Chavo del Ocho e El Chapulín Colorado, e com o Programa Chespirito que ganhou o título de o programa número 1 da televisão humorística, as quais lhe trouxeram grande prestígio e garantiram-lhe o reconhecimento como um dos escritores comediantes mais respeitados do mundo. Foi sobrinho do ex-presidente mexicano Gustavo Díaz Ordaz Bolaños (1911-1979). Biografia: Filho da secretária bilíngue Elsa Bolaños Cacho e do pintor, cartunista e ilustrador Francisco Gómez Linares, Roberto Goméz Bolaños se formou em engenharia elétrica na Universidade Nacional Autônoma do México, mas nunca exerceu a profissão. Começou sua carreira como escritor criativo, através do rádio e televisão durante a década de 1950, quando começou a escrever roteiros para programas da dupla Viruta e Capulina (Marco Antonio Campos e Gaspar Henaine). Também fez vários roteiros de cinema e começou a representar como ator em 1960, no filme Dos Criados Malcriados.4 No entanto, continuou a dedicar a maior parte de seu tempo a escrever, contribuindo para o diálogo de scripts e filmes de televisão mexicana. "Chespirito" é a forma diminutiva e castelhanizada do vocábulo inglês Shakespeare (Chekspir). Tal apelido foi dado a Bolaños pelo diretor de cinema Agustín P. Delgado, que o considerava um pequeno William Shakespeare, capaz de escrever histórias tão prolíficas e versáteis quanto o autor inglês. Roberto ganhou este apelido quando escreveu o roteiro para o filme Los Legionarios, primeiro filme em que Chespirito trabalhou. Em 1968, começaram as transmissões Independentes de Televisão no México e Chespirito foi chamado como escritor para a realização de um programa com duração de meia hora. E assim, nasceu "Los Supergenios de la Mesa Cuadrada". Ao lado de Chespirito, contracenavam Ramón Valdés, Rubén Aguirre e María Antonieta de las Nieves. Em 1970, o programa teve sua duração aumentada. Nessa época, surge o Chapolin Colorado, um herói atrapalhado. Um ano depois, foi criado o personagem que se tornaria o maior sucesso de Bolaños, Chaves. Ambos os personagens funcionaram tão bem que as sketches se tornaram séries independentes de 30 minutos de duração em 1973, após o fim do Programa Chespirito. Apesar de ser mais conhecido pelos papéis Chaves e Chapolin, Chespirito também foi autor de vários personagens, como Chompiras, Dr. Chapatin, Vicente Chambon e Chaparrón Bonaparte. Por causa de seus roteiros recorrentes, os programas se tornaram sucesso em todo o mundo, graças a simpatia de Roberto Gómez Bolaños e do grupo de atores em distintas épocas formado por Carlos Villagrán, Ramón Valdés, Florinda Meza, Rubén Aguirre, Édgar Vivar, Angelines Fernandez, Raúl Padilla, Horacio Gómez Bolaños e María Antonieta de las Nieves, que também encontraram a fama internacional. Em 1980, seus sketches criaram um programa de uma hora semanal chamado de "Programa Chespirito", e permaneceu no ar até 1995. Chespirito também estrelou em filmes mexicanos, escritos e realizados por ele mesmo como "El Chanfle" e "El Chanfle 2", "Don Ratón e Don Ratero", "Charrito" e "Música de viento". Em 1992, recebe o "Prêmio de Literatura da Sociedade Geral de Escritores do México" pelo roteiro da peça "La Reina Madre"5 . Em 2000, a rede de televisão mexicana Televisa homenageou todo o elenco dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito com o programa "¡No contaban con mi astucia!", ano em que o seriado completava 30 anos.6 Em 12 de novembro de 2009, Chespirito foi internado em emergência em um hospital na Cidade do México. De acordo com declarações de seu filho Roberto Gómez Fernandez, Chespirito teve uma complicação da próstata, e teve de fazer uma cirurgia. Em 28 de maio de 2011, Chespirito abriu sua conta no Twitter chegando em menos de um dia mais de 170.000 seguidores, o segundo dia um total de 250.000 seguidores.7 8 Em 2012, um evento denominado América celebra a Chespirito em comemoração os quarenta anos de carreira do ator9 foi programado para ocorrer em 17 países, entre eles Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Equador, Estados Unidos, México, Peru e Nicarágua.1 2 3 10 No dia 20 de novembro de 2013, foi condecorado com o Premio Ondas Iberoamericano pela trajetória destacada na televisão mundial.11 Roberto faleceu aos 85 anos em Cancún, no México. Casamentos: Bolaños casou-se pela primeira vez com Graciela Fernández Pierre, falecida em 26 de agosto de 2013. Tiveram os filhos Paulina, Graciela, Marcela, Teresa, Cecília e Roberto. o casamento durou de 1958 a 1977. Depois de 27 anos convivendo com Florinda Meza, a atriz que interpretava a maioria dos personagens femininos inclusive a Dona Florinda, Bolaños casou-se com ela, no dia 19 de novembro de 2004, e comemorou com uma grande festa num restaurante da Cidade do México. Ele teve 6 filhos do primeiro casamento, mas nenhum com Florinda, por ter feito uma vasectomia. Morte: Chespirito foi vítima de boatos sobre sua morte, e após ser boato, sua morte se torna verdadeira, foi confirmada a morte de Chespirito, na tarde de 28 de novembro de 2014, Chespirito faleceu aos 85 anos, devido a problemas respiratórios e problema de locomoção e de se mexer, que tinha nos últimos anos de sua vida. Ele era cadeirante.14 Principais trabalhos: Os programas de Chespirito foram gravados no México pela rede Televisa entre os anos de 1968 e 1995, e exibidos em mais de 90 países. Como ator: Dos criados malcriados (1960) Dos locos en escena (1960) El zángano (1968) El ciudadano Gómez (1968) Las tres magníficas (1968) Operación carambola (1968) La hermana Trinquete (1969) La princesita y vagabundo (1969) El cuerpazo del delito (1970) La Hermana Trinquete (1970) El Amor de María Isabel (1970) Las Tres magnificas (1970) El amor de María Isabel (1971) El Chanfle (1979) El Chanfle 2 (1982) Don Ratón y Don Ratero (1983) Charrito (1984) Musica del Viento (1988) Doctor Chapatín (1968-1995) El Chavo del Ocho (1972-1992) Club Del Chavo (1980-1995) El Chapulín Colorado (1970-1992) El Chompiras (1972-1995) Vicente Chambón (1979-1982) Chaparron Bonaparte (1970-1995) 11 e 12 (1992) Don Calavera (1993-1994) Como escritor Serie Animada del Chavo - (2006) - Serie de Tv. Los Supergenios de la mesa cuadrada 1968 ¡Que vivan los muertos! 1998 Charrito (1984) El Chanfle II (1982) El Chanfle (1979) ¡Ahí madre! (1970) Fray Dólar (1970) Romance sobre ruedas (1969) La princesa hippie (1969) Los Supergenios de la mesa cuadrada (1968) - Serie de Tv Operación carambola (1968) El camino de los espantos (1967) Detectives o ladrones (1967) Un par de roba chicos (1967) Dos pintores pintorescos (1967) Un Novio para dos hermanas (1967 Un bovio para dos hermanas (1966) Los reyes del volante (1965) Los astronautas (1964) Los invisibles (1963) ¡En peligro de muerte! (1962) Pegando con tubo (1961) Un Par... a todo dar (1961) Limosneros con garrote (1961) Dos tontos y un loco (1961) Los desenfrenados (1960) El dolor de pagar la renta (1960) Los tigres del desierto (1960) Dos criados malcriados (1960) Vagabundo y millonario (1959) Angelitos del trapecio (1959) Los legionarios (1958) Cómicos y canciones (1956) - Tv. El Chavo del Ocho (1972-1992) Como produtor La Paloma de Marsella (1999) Que vivan los muertos! (1998) La primera noche (1998) Un baúl lleno de miedo (1997) Elisa antes del fin del mundo (1997) Última llamada (1996) Videoteatros: Véngan corriendo que les tengo un muerto (1993) El Chanfle II (1982) Como compositor Charrito (1984) ¡En peligro de muerte! (1962) Tres lecciones de amor (1959) Los legionarios (1958) Livros El Diario de El Chavo del Ocho (O Diário do Chaves) ...Y También Poemas (...E Também Poemas) Sin Querer Queriendo: Memorias (Sem Querer Querendo: Memórias) Discografia 1980 El Chavo Canta: Eso, Eso, Eso 1978 Síganme Los Buenos a La Vecindad del Chavo 1977 Así Cantamos y Vacilamos en la Vencidad del Chavo 1975 Chespirito y sus Canciones (Fonte Wikipeida)

Pelé segue na UTI com suporte renal mas tem melhora em condição clínica, diz hospital

Pelé permanece internado sob cuidados na unidade de terapia intensiva e em tratamento de suporte renal, mas apresentou melhora de sua condição clínica, informou o Hospital Albert Einstein em boletim médico nesta sexta-feira. Pelé, de 74 anos, foi internado na segunda-feira e exames detectaram uma infecção urinária. Ele já havia sido internado no mesmo hospital em 12 de novembro com dores abdominais e passou por uma cirurgia para a retirada de cálculos no rim, uretra e vesícula, que dificultavam seu fluxo urinário. "O paciente Edson Arantes do Nascimento (Pelé) está melhor de sua condição clínica e segue sob cuidados na unidade de terapia intensiva", disseram os médicos responsáveis pelo atendimento ao ex-jogador no boletim. "Continua em tratamento temporário de suporte renal (hemodiafiltração veno-venosa contínua), lúcido, em ventilação espontânea, sem necessidade de drogas vaso-ativas ou outras terapias de suporte", acrescentaram os médicos. O tricampeão do mundo pela seleção brasileira (1958, 1962 e 1970) tem sofrido com alguns problemas de saúde nos últimos anos. Ele passou por uma cirurgia no quadril há dois anos. Em mensagens publicadas em sua conta no Twitter na quinta-feira, em inglês, Pelé escreveu "eu estou bem" e acrescentou que se encontrava em uma unidade especial para ter "privacidade" e continuar seu "tratamento e recuperação em paz". (Fonte MSN)

Governadores do Rio, SP e MG concordam com transposição para resolver falta d'água

Os governadores do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, de São Paulo, Geraldo Alckmin, e de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (interino), chegaram nesta quinta-feira a um acordo para realizar a transposição do rio Paraíba do Sul. O objetivo é solucionar os problemas de abastecimento de água na Região Sudeste. As licitações para as obras podem começar a qualquer momento. O consenso foi firmado em uma reunião convocada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que atuou como mediador. Os governadores se comprometeram a respeitar, nas obras, estudos de impacto ambiental e também a realizar ações de compensação ao meio ambiente, como a recuperação de matas ciliares. Os governadores também concordaram que qualquer obra só poderá ser realizada com a anuência dos três estados. Também estavam presentes o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Todos se comprometeram a entregar a Fux no dia 28 de fevereiro um documento com os termos do acordo. Quando isso acontecer, todas as ações judiciais que tratam do tema serão extintas. Ao fim do encontro, todos comemoraram a solução encontrada. — Os estados manifestaram desejo mútuo de se auxiliarem em relação ao problema hídrico da Região Sudeste. Uma solução jurídica jamais chegaria à solução que conseguimos hoje— afirmou Fux. A discussão chegou ao tribunal por meio de uma ação em que a Procuradoria Geral da República pede que os três estados sejam proibidos de realização de obras de captação de águas do Rio Paraíba do Sul para abastecer o sistema Cantareira. Segundo o Ministério Público, não foram feitos estudos de impacto ambiental para garantir que a transposição não compromete o meio ambiente. A reunião foi convocada por Fux no último dia 3, por despacho. No texto, o ministro recomendou que todos avaliem “os limites e as possibilidades de se obter uma transação capaz de ser homologada judicialmente”. Ele também pediu que os convocados criem, no dia da audiência, um grupo de trabalho com representantes técnicos e políticos de cada um dos órgãos, “a fim de que possam conjuntamente, em fiel observância a um modelo de federalismo de cooperação, buscar soluções técnicas e ambientais para erradicar a falta de água no Sudeste”. Na decisão, Fux lembra que os três estados “estão passando por uma severa dificuldade no fornecimento regular do serviço público de água, em virtude do reduzido volume pluviométrico em grande parte de seus territórios”. O ministro afirmou que o assunto demanda o diálogo entre os estados para se chegar a uma solução. “A melhor solução técnica para a regularização do fornecimento de água na região Sudeste pode exsurgir de um processo de mediação conduzido nesta Suprema Corte. Através da mediação, as autoridades de cúpula dos réus poderão, em conjunto com o Ministério Público Federal, evitar um desnecessário conflito, que apenas originaria um profundo desperdício de energia, focar na resolução técnica da dificuldade a ser enfrentada”, escreveu Fux. O ministro negou a liminar pedida pelo Ministério Público para que os três estados fossem impedidos de fazer a transposição. Segundo Fux, não há dados suficientes para se concluir pelo benefício ou não da obra. Ele também ponderou que não há prova de que o governo de São Paulo estaria em vias de realizar a captação das águas – portanto, não faria sentido conceder liminar impedindo a obra. (Fonte MSN)

Com boneco a tiracolo, ventríloquo reverte 'ordem de silêncio' em tribunal

Um ventríloquo sul-africano conseguiu nesta quinta-feira reverter uma ordem de silêncio que o impedia de criticar um cantor africâner do país. Conrad Koch foi ao tribunal acompanhado de seu boneco para ouvir a decisão do juiz sobre a proibição. A ordem de silêncio havia sido imposta depois de Koch acusar Steve Hofmeyr de racismo devido a um tuíte do cantor. Nele, Hofmeyr dizia: "Não quero ofender ninguém, mas pelo que me consta os negros foram os arquitetos do apartheid. Vá saber". O apartheid foi um regime de segregação racial adotado de 1948 a 1994 na África do Sul no qual os direitos da grande maioria dos cidadãos foram limitados por um governo controlado pela minoria branca. Muitos deles falavam o africâner, variante do holandês que se popularizou no país com colonos europeus. O magistrado Naren Sewnarain afirmou que o músico "havia exposto a si mesmo a críticas, sátiras e ao ridículo". "O tribunal não acredita que o Sr. Hofmeyr deva receber tal tipo de proteção do Estado", afirmou o juiz. Polêmica No auge da briga que se desenrolou no Twitter no mês passado, Koch criticou os patrocínios aos shows do cantor. Segundo Pumza Fihlani, correspondente da BBC em Joanesburgo, Hofmeyr sempre se envolveu em polêmicas e é frequentemente acusado de racismo. O cantor nega todas as acusações. Muitos africâneres o veem como um herói, que tuita sobre injustiças, como os assassinatos de fazendeiros brancos e como esse grupo étnico "vem sendo marginalizado" desde o fim do governo controlado pela minoria branca em 1994, acrescenta Fihlani. Em sua defesa, os advogados de Koch argumentaram que, como uma figura pública com opiniões fortes, Hofmeyr tinha consciência de que poderia esperar por uma "reação robusta". A ordem de silêncio temporária impedia Koch de ameaçar, assediar ou fazer qualquer tipo de comentário difamatório sobre o cantor. O ventríloquo também havia sido proibido de mencioná-lo nas redes sociais. 'Legião de fãs' Koch tem uma legião de fãs na África do Sul e usa seu boneco multirracial, batizado de 'Chester Missing', para abordar temas espinhosos tais como corrupção, racismo e injustiça social, acrescenta a correspondente da BBC. Hofmeyr não participou da audiência desta quinta-feira, mas foi representado pelo ativista pró-africâner Dan Roodt, que alegou que o tuíte do cantor não era ofensivo. "Hofmeyr alega que todos os que viveram na África do Sul antes de 1994 (quando o apartheid acabou)... são corresponsáveis pelo regime de segregação racial, independentemente da cor." Após a decisão judicial, 'Chester Missing' tuitou: "AMAANDLAAAAA!!!!!!!!!! Viva South Africa, viva!!!!!!" Amandla, que significa "poder", era um grito de protesto comum entre ativistas anti-apartheid. Em resposta, Hofmeyr tuitou: "Nós aceitamos a decisão do tribunal. Obrigado", para depois acrescentar, em africâner, "O fim da liberdade de expressão. Talvez a imprensa seja a próxima". O cantor também foi obrigado a pagar as custas processuais de Koch. (Fonte MSN)

Ex-funcionários do BC são investigados por desviar cédulas que seriam destruídas

(Foto: Uelder Ferreira/Getty Images) Os envolvidos foram indiciados pelo Artigo 290 do Código Penal, por suprimir notas recolhidas para colocá-las de volta em circulação. A Polícia Federal (PF) investiga uma ex-servidora do Banco Central e um ex-funcionário de uma empresa terceirizada por desvio de cédulas que seriam destruídas em outubro de 2013. Na quinta-feira (27), a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa da ex-servidora. Computador e documentos foram apreendidos. O possível desvio foi constatado pelo próprio BC em seus trabalhos de conferência no Departamento do Meio Circulante no Rio de Janeiro. A ação foi flagrada por câmeras de segurança instaladas no departamento, e as informações, foram enviadas pelo órgão ao Ministério Público Federal. Comunicada, a Polícia Federal entrou no caso e confirmou que houve desvios em pelo menos seis momentos distintos. A subtração foi de cédulas de R$ 10 e R$ 50. O montante total não foi divulgado. Os envolvidos foram indiciados pelo Artigo 290 do Código Penal, por suprimir notas recolhidas para colocá-las de volta em circulação. A pena para o crime vai de dois a oito anos, além de multa. Como os dois eram funcionários da repartição que recolhe o dinheiro, a punição máxima aumenta para 12 anos. Os suspeitos serão ouvidos nos próximos dias para o encerramento do inquérito. Ambos devem responder o processo em liberdade quando a denúncia for encaminhada para a Justiça Federal. (Fonte MSN)

Zucchero - Diamante

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Espanha em choque com padres que pregavam 'amor livre'

(Foto: Reuters) "Boa tarde filho, sou o padre Jorge". "Não conheço nenhum padre Jorge", respondeu o interlocutor. "Filho, acalme-se, aqui é o papa Francisco". Essas são as palavras que um atônito jovem escutou ao telefone. Ele havia escrito uma carta ao argentino Jorge Bergoglio meses antes, para denunciar anos de supostos abusos por parte de um grupo de religiosos da diocese de Granada, no sul da Espanha. O escândalo foi noticiado pelos sites de internet espanhóis, atraindo cada vez mais atenção estrangeira. O próprio papa se referiu à polêmica na terça-feira (25). Até o momento, três sacerdotes católicos e um professor de religião foram detidos. "Eu li sua carta e escrevi ao bispo dizendo que ele comece uma investigação", explicou o papa na terça-feira. "Recebi essa notícia com grande dor, com uma dor muito grande, mas a verdade é a verdade e não podemos escondê-la", disse. Mas qual é a trama em cuja investigação o papa se envolveu pessoalmente? Acusações de escândalos sexuais , abusos de autoridades eclesiásticas, detenções, heranças duvidosas, segredos e um grupo com sobrenome aristocrático: "os Romanones". Os ingredientes são de um romance de intriga, crime e suspense. Mas não é ficção. Daniel (nome fictício) tem 24 anos e há alguns meses denunciou ─ em uma carta dirigida ao papa ─ que entre os 13 e os 18 anos foi submetido a constantes abusos por parte de um grupo de sacerdotes católicos, os "Romanones". O jovem, membro da organização católica Opus Dei e professor universitário, entrou em contato com os sacerdotes investigados quando era coroinha em na paróquia de San Juan María Vianney, localizada em um bairro de Granada. Segundo seu depoimento, a rede seria comandada por um dos detidos, o padre Román M.V.C (de quem deriva o nome do clã) e realizaria atos sexuais em diversas de suas propriedades na província de Granada. Ele afirmou que os religiosos justificavam suas práticas sexuais com a frase: "o amor é livre, eleva o espírito". As acusações recaem sobre dez sacerdotes e dois laicos. Não se sabe exatamente quantos meninos e meninas podem ter sido vítimas do grupo, que supostamente atraía os jovens conquistando sua confiança ou afastando-os de suas famílias. Daniel disse que decidiu fazer a denúncia principalmente por não saber a extensão da rede e quantas pessoas foram vítimas dela. Ele acrescentou não querer que as pessoas que arruinaram sua infância façam o mesmo com outros meninos e meninas. Encorajado pelo respaldo do papa, Daniel apresentou uma denúncia formal perante a Fiscalização Central de Andaluzia, em outubro. O processo foi acelerado a partir do momento em que a denúncia foi feita. O órgão judicial encarregado da causa ordenou na segunda-feira (24) a detenção de três sacerdotes e um leigo. Mas a Justiça ainda vai decidir se eles responderão ao processo em liberdade. Os detidos são Román M.V.C, a quem o denunciante identifica como "o diretor", Francisco C.M, e Manuel M.M. Todos eles tiveram algum vínculo com a paróquia de Vianney. Eles foram encaminhados à Chefatura Superior de Polícia de Andaluzia Oriental e negaram qualquer relação com os crimes ao ser interrogados. Além disso, há alguns dias, foi denunciado o desaparecimento de vários computadores de um chalé em Pinus Puente (Granada), que é de propriedade dos acusados. Também há uma segunda denúncia, formulada por uma outra suposta testemunha, que forneceu aos investigadores mais dados e nomes. O subdelegado do governo, Santiago Pérez, afirmou que não há mais prisões previstas por enquanto. Enquanto isso, a Igreja Católica na Espanha demonstrou estar chocada e consternada com os eventos. A Conferência Episcopal, por meio de seu porta-voz, José María Gil Mamayo, expressou repulsa e pediu perdão às "possíveis vítimas". O arcebispo de Granada, Francisco Javier Martínez, protagonizou no domingo uma cena pouco usual na catedral da província: deitou no solo junto com outros membros da diocese por vários minutos – um gesto que só é realizado Sexta-feira Santa. "Os males da Igreja são os males de cada um de nós", disse o arcebispo durante a homilia. Ele disse que tudo isso é "uma ferida dolorosíssima para (Jesus) Cristo". (Fonte MSN)

O império do Gol como o carro mais vendido está ameaçado

O império do Gol está minguando. Há quase três décadas, o modelo da Volkswagen é o carro mais popular do Brasil, mas a liderança está comprometida. Em outubro, as vendas acumuladas do Palio superaram o Gol. No mês, o Palio chegou a 153,6 mil carros vendidos desde janeiro, e ultrapassou o Gol, com pouco mais de 153,4 mil unidades. A diferença – menos de 200 carros – pode parecer pequena, mas não para o Gol, que sempre liderou com uma folga grande do segundo lugar. O carro perde vendas para o Palio, da Fiat, para o Onix, hatch da General Motors, e também para carros da mesma montadora, o Up! e o Fox. Segundo especialistas, um dos motivos para a queda de vendas do Gol é a descontinuação do modelo G4, sua versão mais barata. O carro não possuía dois dispositivos de segurança, airbag e freios ABS, que se tornaram obrigatórios em janeiro. Agora, o Gol está disputando as vendas com apenas um modelo contra a Palio, que tem com duas versões, o novo e o Fire. A disputa fica desigual. Ao Valor Econômico, a empresa disse que a comparação entre os desempenhos do Gol e do Palio é inadequada. Seriam dois carros contra um único modelo. A montadora afirmou ao jornal que se consideradas apenas as novas gerações de ambos os modelos as vendas do Gol são mais do que o dobro do que as do carro da Fiat. Como se não bastasse a briga com a Fiat, a Volkswagen tem uma concorrência interna para o Gol: o Up!. “O Up! é melhor do que o G5, tem o motor melhor e, apesar de mais curto, internamente não tem diferença”, diz Fernando Calmon, colunista e especialista no mercado automotivo. Ainda dentro da própria Volkswagen, o Gol ainda é pressionado pelo Fox. “Lançaram o Fox 2015, mas ainda havia um estoque grande do modelo 2014. Para se livrar desse estoque, a Volkswagen fez uma promoção muito grande para o Fox”, afirma Calmon. Dentro da própria Volkswagen, “o Gol está imprensado por baixo, pelo Up!, e por cima, pelo Fox”, diz o consultor. No entanto, o ano ainda não acabou. Ainda que as vendas do Gol estejam declinando, não é possível saber se, nos próximos meses, o carro se confirmará no segundo lugar este ano. Segundo Fernando Calmon, o fim do ano é muito sujeito a variações cíclicas, como encomendas de locadoras de veículos e frotistas. “A Volkswagen ainda pode fazer uma manobra, para ampliar as vendas e manter a liderança nesse ano”, diz Calmon. Mercado: Ainda que o Gol não se mantenha na liderança, isso não é ruim. Segundo Corrado Capellano, da consultoria de Negocios ltda, “já passamos da época de que era importante ter um produto líder”. Para ele, “dizer que a VW tinha o carro mais vendido era marketing. O que importa hoje é o volume total da montadora, seu portfólio todo”. Atualmente, é muito mais fácil para uma montadora produzir muitos modelos diferentes. Com as plataformas estendidas, as montadoras conseguem fazer uma variedade muito grande de modelos, a partir de poucos elementos comuns. Por isso, uma montadora pode produzir não um, mas vários carros, que podem atender a vários perfis de consumidores diferentes. “Hoje, a tendência das montadoras não é mais ter um produtor de grande volume. As montadoras querem dar ao consumidor a ideia de que aquele carro é exatamente para ele”, afirma ele. (Fonte MSN)

Tardelli marca, Atlético vence Cruzeiro no maior clássico da história e é campeão

No maior Cruzeiro x Atlético de todos os tempos, deu "Galo". Após vencer a partida de ida por 2 a 0, a equipe alvinegra bateu novamente o maior rival nesta quarta-feira, no Mineirão, desta vez por 1 a 0, e conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história. Além disso, encerrou o ano sem perder nenhuma vez para o adversário. O herói da partida foi o centroavante Diego Tardelli, que, curiosamente, ainda não havia marcado nenhuma vez no torneio mata-mata. Aos 47 do primeiro tempo, ele cabeceou com precisão um cruzamento certeiro de Dátolo e colocou nas redes de Fábio, que nada pode fazer. Foi o 110° gol do camisa 9 com a camisa alvinegra. No Mineirão, os cerca de 1,8 mil torcedores atleticanos fizeram a festa, que contrastou com a tristeza dos mais de 40 mil cruzeirenses que foram ao estádio na esperança da virada. O título da Copa do Brasil coroa o segundo ano seguido de sucesso atleticano. Em 2013, a equipe havia conquistado a Copa Libertadores, que se somou aos títulos da Recopa Sul-Americana e agora da Copa do Brasil em 2014. A Copa do Brasil, aliás, foi o segundo título conquistado pelo Atlético em cima do Cruzeiro em 2014. No início do ano, o "Galo" ganhou o Campeonato Mineiro em cima da "Raposa", com dois empates por 0 a 0 nas finais. Essa é também a segunda conquista nacional da história alvinegra, que tem também a taça do Campeonato Brasileiro de 1971. Aos cruzeirenses, resta ainda comemorar a segunda conquista seguida do Campeonato Brasileiro, ratificada no último domingo com a vitória por 2 a 1 sobre o Goiás. Os rivais de Belo Horizonte, inclusive, já estão classificados para a Copa Libertadores do ano que vem, como detentores dos títulos do Brasileirão e da Copa do Brasil. O jogo O Atlético começou melhor em campo, e perdeu duas ótimas chances de abrir o placar logo no início. Aos 7 minutos, Luan cruzou da esquerda e o centroavante Diego Tardelli, praticamente livre na pequena área, perdeu. 5 minutos depois, Marcos Rocha recebeu ótima enfiada de bola e saiu cara a cara com Fábio, mas foi abafado pelo goleiro cruzeirense. No rebote, Tardelli mandou na rede, mas pelo lado de fora. Depois disso, o Cruzeiro acordou e respondeu com Ricardo Goulart. Aos 15, ele recebeu ligação direta de Fábio e entrou na área e boa condição para finalizar, mas viu seu chute sair torto, à direita do gol de Victor. Um minuto depois, Diego Tardelli tentou de fora da área, mas viu Fábio agarrar firme, sem dar sobre. E parecia que não era a noite do principal atacante atleticano. Aos 24 minutos, ele teve outra chance de ouro, desta vez em um cruzamento da esquerda. Mais uma vez desmarcado, quase na marca do pênalti, ele deu de coxa e acabou isolado quase na arquibancada. Pouco depois, Nílton tentou de bicicleta para o Cruzeiro, mas também mandou longe. Depois disso, o jogo caiu um pouco de ritmo, com muitos erros de passe, até os 40 minutos, quando o argentino Dátolo tentou cruzamento, mas por pouco não viu seu lance morrer no fundo das redes de Fábio, que não cortou. No lance seguinte, Maicosuel, que entrou no lugar do lesionado Luan, invadiu pela direita e foi parado por Fábio, mas o rebote sobrou para Dátolo. O gringo tinha a meta praticamente livre, mas chutou por cima do gol. Quando parecia que os rivais iriam para o intervalo no 0 a 0, brilhou a estrela de Tardelli. Aos 47 minutos, ele recebeu ótimo cruzamento da direita de Dátolo e, desta vez, não perdoou. Com um leve toque de cabeça, ele colocou no fundo do barbante e marcou seu primeiro gol na Copa do Brasil, justamente na final. No retorno dos vestiários, o Atlético por pouco não ampliou logo aos 6 minutos: Douglas Santos centrou da esquerda e Maicosuel, completamente livre no segundo poste, deu uma de zagueiro e mandou pra fora. A resposta celeste veio aproximadamente 10 minutos depois, quando a bola sobrou limpa para Ricardo Goulart, na lateral da pequena área. O meia-atacante chutou forte, mas novamente sua finalização foi para fora. Precisando desesperadamente de quatro gols para ficar com o título, o técnico do Cruzeiro, Marcelo Oliveira, mandou seu time ao ataque, colocando Dagoberto no lugar do inoperante Willian e ousando na troca do defensivo lateral direito Ceará pelo meia Júlio Baptista. No entanto, foi o "Galo" que quase fez mais um: aos 31 minutos, Dátolo encheu o pé em cobrança de falta e viu a bola explodir no travessão de Fábio, que já estava batido no lance. O clássico, porém, não poderia terminar sem ao menos uma cena lamentável. Aos 40 minutos, Leandro Donizete fez falta violenta em Dagoberto e foi expulso direto pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira. Foi a senha para que fosse iniciada uma confusão entre atletas das duas equipes, inclusive com entrada da Polícia Militar em campo. Após alguns segundos, todavia, a situação foi controlada, e a partida seguir normalmente. A partir daí, o Atlético só tocou a bola e esperou o tempo passar para comemorar pela primeira vez na história a conquista da Copa do Brasil. FICHA TÉCNICA CRUZEIRO 0 X 1 ATLÉTICO-MG Copa do Brasil 2014 - Final - Volta Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG Data: 26 de novembro de 2014, quarta-feira Horário: 22h (de Brasília) Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp. Fifa/SP) Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) Cartões amarelos: Willian (CRU); Dátolo, Leonardo Silva, Rafael Carioca, Maicosuel e Luan (ATL) Cartão vermelho: Leandro Donizete (ATL) GOLS ATLÉTICO-MG: Diego Tardelli, aos 47 minutos do primeiro tempo CRUZEIRO: Fábio; Ceará (Júlio Baptista), Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique (Willian Farias), Nílton, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Dagoberto) e Marcelo Moreno Técnico: Marcelo Oliveira ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca (Pierre), Dátolo e Luan (Maicosuel); Diego Tardelli e Carlos Técnico: Levir Culpi (Fonte MSN)

Quadrilha usava carros de luxo roubados para levar drogas do Paraguai para Goiás e São Paulo

Após oito meses de investigações, o Ministério Público desarticulou uma quadrilha responsável por transportar drogas do Paraguai para Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo em carros de luxo roubados. Nesta quinta-feira estão sendo cumpridos 21 mandados de prisão nos três estados, onde policiais também pretendem apreender veículos e imóveis. O grupo, que movimentava 2 toneladas de maconha por mês, teria ligação com a principal facção criminosa de São Paulo. A quadrilha roubava ou furtava carros em grandes cidades, adulterava os números do chassis e da placa, criando dublês, e os encaminhava para cidades do Mato Grosso do Sul. Alguns desses veículos chegavam ao município de Dourados em cima de caminhões cegonha, segundo investigação do Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) dos Estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo e Goiás. Os carros eram abastecidos com macona em Coronel Sapucaia, cidade na fronteira com o Paraguai, de onde seguiam para Goiás e São Paulo. As placas eram mais uma vez trocadas. No caminho até as cidades para onde a droga deveria ser levada, apontam os promotores, uma rede de batedores e olheiros avisava os criminosos sobre a presença de policiais nas estradas. As informações que deram início à Operação Dublê davam conta de que havia um homem em Coronel Sapucaia que fazia o transporte de mais de 2 toneladas de maconha por mês usando carros de luxo com as placas adulteradas. Durante as investigações, os promotores do Gaeco identificaram o homem, responsável por conseguir a droga no Paraguai, mas descobriram que ele foi assassinado. O comando da operação teria passado, então, para a mãe e o sobrinho do antigo chefe da quadrilha. Eles se juntaram a um foragido da Justiça, que controlaria um grupo de ladrões de carros em outros estados, que seriam usados no transporte da droga. Ao longo das investigações já haviam sido presas em flagrante 20 pessoas, 14 carros haviam sido recuperados e 8 toneladas de maconha foram apreendidas. (Fonte MSN)

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Para Paulo Nobre, presidente rebaixado não pode ser reeleito

O Palmeiras vive um momento muito complicado no Campeonato Brasileiro, com grande chance de rebaixamento a apenas duas rodadas do fim do torneio. E para o presidente Paulo Nobre, um dos candidatos da eleição presidencial que ocorrerá no clube no próximo sábado, "não é certo eleger o presidente que caiu". A declaração, concedida em entrevista à revista Placar durante julho deste ano, fazia referência a um episódio ocorrido após as eleições de 2002, logo depois do primeiro rebaixamento do Palmeiras para a Série B, quando Nobre deixou o cargo que possuía na diretoria social do então presidente Mustafá Contursi. Leia abaixo o trecho não-publicado da entrevista em que Nobre fala sobre o episódio: Em sua história como dirigente do Palmeiras, você provavelmente já foi crítico à gestão do Mustafá. Ou nunca? Sim. Eu fui diretor do Mustafá. E quando o Palmeiras caiu para a segunda divisão eu fui na sala dele e falei: ‘Presidente, como o senhor me convidou para ser diretor, eu vim aqui na sua sala para falar pessoalmente que eu quero sair da diretoria. Eu não acho honesto estar na sua diretoria, porque eu não votei no senhor, votei no Belluzzo. Mas não porque eu acho que o Belluzzo seja melhor que o senhor ou nada disso. Mas nós caímos para a segunda divisão. E eu não acho certo eleger o presidente que caiu". As eleições presidenciais no Palmeiras que definirão o mandatário do biênio 2015-16 acontecem no próximo sábado, dia 29, mesmo dia do confronto Internacional x Palmeiras. O pleito, que pela primeira vez acontece com voto direto dos associados do clube, conta com dois candidatos a presidência: Paulo Nobre, atual presidente, e seu opositor Wlademir Pescarmona. (Fonte MSN)

5ª temporada de "The Walking Dead": Daryl quebra tudo e desaba!

O Mid-Season finale de "The Walking Dead" está se aproximando e uma coisa é certa: vai ter chororô pros fãs! Como nós aqui do Purebreak já adiantamos, um personagem muito importante vai bater as botas e essa pessoa vai atingir pessoalmente o corajoso Daryl (Norman Reedus). E é sobre isso que o intérprete do caçador conversou com a revista Entertainment Weekly quando explicou a carga emocional que teve que suportar enquanto filmava as cenas finais do último episódio antes do hiato. Norman chorou muito nos bastidores da série: Praticamente confirmando os rumores de que a baixa da vez será mesmo a loirinha Beth (Emily Kinney), Norman contou que foram momentos intensos para o elenco: "Eu realmente não queria chorar durante a cena. Eu queria sentir que já tinha chorado todas as lágrimas de meu corpo antes de começarmos a filmar. Então, apenas sentei e chorei, chorei e chorei", compartilha. Só que nem tudo será tristeza não, porque o bom e velho Daryl badass vai mostrar que ele não está pra brincadeira ao invadir com Carol (Melissa McBride) o Hospital onde Beth está sendo mantida refém. Reedus revelou como será essa chegada triunfal: "Ele está pronto para simplesmente queimar todo o lugar". Ansiosos para ver o Daryl boladão? "The Walking Dead" é exibida nos EUA aos domingos pelo canal AMC! (Fonte MSN)

Dedé Santana desabafa e revela mágoa: 'Fico triste quando me esquecem'

Em cartaz com a peça "Os Saltimbancos Trapalhões", Dedé Santana admitiu que fica magoado por não ser tão lembrado como Renato Aragão. "Realmente fico triste quando me esquecem. Se estamos juntos e só falam nele... poxa! ", desabafou em entrevista ao jornal "Extra". "Não se trata de vaidade, acho que também mereço respeito", acrescentou. O humorista comparou outros comediantes para ressaltar sua tristeza. "Ele (Renato Aragão)é o comediante, e no Brasil se costuma cultuar o primeiro nome do humor. Nos Estados Unidos é o contrário. Primeiro, vem o escada. Por exemplo: Dean Martin & Jerry Lewis, o Gordo e o Magro", atestou. Dedé também contou que se preocupou como o intérprete do Didi antes da estreia de "Os Saltimbancos Trapalhões", a primeira peça da carreira de Renato. ""Eu me dedico muito ao Renato, fico nervoso em dias de estreia. Não por mim, um cara acostumado a improvisar no picadeiro, mas por ele. Na estreia de 'Os Saltimbancos Trapalhões' a minha preocupação era toda com ele, que nunca tinha feito teatro na vida", afirmou. "Quando acabou e eu percebi que ele tinha se saído bem, me tranquilizei. Ele está cada dia melhor!", completou Dedé. Humorista afirma: 'Para mim, não havia mais lugar' Questionado se ficou fragilizado no tempo em que ficou afastado de Renato Aragão, Dedé foi enfático: "Fiquei em depressão. Cheguei a engordar 35kg. Mas Renato não tinha o poder para me recontratar...". "Depois que 'Os Trapalhões' acabou, chegamos a ter um programa juntos em Portugal por quatro anos, foi maravilhoso! Mas quando voltamos, ele continuou na Globo por ser embaixador da Unicef e cabeça do 'Criança Esperança'. Para mim, não havia mais lugar", acrescentou. O humorista relembrou que passou por várias emissoras enquanto esteve fora da Globo. "Fui para a 'Escolinha do Barulho', na Record, onde fiquei dois anos. Depois, fiquei quatro anos no SBT, com 'Dedé e o Comando Maluco'. E, quando Beto Carrero morreu, Renato me convidou para voltar a Globo", recordou. "Nesse tempo todo, nunca deixamos de nos falar. Dedé e Didi são como marido e mulher: brigam, brigam, mas estão sempre juntos. Costumo dizer que quero terminar meus dias como artista, ao lado dele", acrescentou. E Dedé revelou ainda uma vontade: encerrar a carreira ao lado de Renato. "Começamos juntos, temos que ficar juntos até o fim. E acho que ele sente a mesma coisa... Outro dia, me emocionei quando perguntaram a ele sobre projetos futuros e ele respondeu que não faz mais nada na vida sem que eu esteja por perto", finalizou o eterno trapalhão. Renato Aragão tem ano complicado: Logo após comemorar os 15 anos da filha caçula, Lívian Aragão, em março deste ano, Renato Aragão foi internado ao sofrer uma crise hipertensiva. Ainda no hospital, o humorista deu entrevista ao "Jornal Nacional". Chorando, ele fez um pedido: "Deus, não me leve agora". Após cinco dias internado, o trapalhão teve alta, porém, voltaria ao hospital para tratar uma infecção urinária. (Fonte MSN)

Oscar Filho confirma saída do "CQC": "Me deram um pezão na bunda"

Oscar Filho confirmou, na noite da última segunda-feira (24), que foi dispensado da equipe do "CQC", da Band. O repórter utilizou a internet para dar a notícia aos fãs e aproveitou para explicar que não pediu para deixar a atração semanal e ainda não tem planos profissionais para o futuro. O humorista publicou um texto de despedida em seu blog e disse sua demissão aconteceu no final da última semana. "Me deram um pezão na bunda, me chamaram para assinar um negocinho lá no RH da Band. Há quem possa ter motivos para sentir vergonha disso. Eu poderia ter me antecipado e ter dito que fui eu que pedi para sair, mas não", explicou. Sem rancor, o artista agradeceu pelos sete anos que passou na atração e destacou a importância de seu trabalho. "Me proporcionou tristeza ao me tirar da bancada do programa e, agora, do programa em si. Faz parte. O 'Custe o Que Custar' foi um grandessíssimo divisor de águas para mim. Não teria como ser diferente", avaliou. Ainda sobre sua atual situação, Filho fez piada. "Rasparei a cabeça, chamarei um ex-aluno meu, comprarei um trailer, fabricarei metanfetamina com 96% de pureza, exterminarei o cartel e morrerei rindo", anunciou, fazendo referência ao seriado "Breaking Bad". Vale lembrar que Marcelo Tas também já anunciou sua saída do "CQC". Para o posto de apresentador, a emissora contratou o ator Dan Stulbach. Outros integrantes também devem deixar seus cargos em breve. Confira o texto de despedida de Oscar Filho na íntegra: "Gratidão. É essa a palavra que melhor descreve meu sentimento pelo 'CQC'. Sexta-feira passada eu, oficialmente, fui mandado embora. Me deram um pezão na bunda, me chamaram pra assinar um negocinho lá no RH da Band. Há quem possa ter motivos para sentir vergonha disso. Eu poderia ter me antecipado e ter dito que fui eu que pedi pra sair, mas não. A primeira vez que eu ouvi falar nisso, foi através dessa matéria na internet: 'Band vai dispensar metade do elenco do CQC; veja quem sai' Pensei comigo: Será? E se for mesmo, como irei me sentir? O 'Proteste Já', quadro que eu defendi por 4 anos, foi a minha contribuição pessoal pra tentar fazer o meu país, pelo menos, um pouco mais justo e menos desigual. Lutei, argumentei, briguei, conversei, senti, raciocinei, debati. Pelo programa e por mim. O 'Proteste Já' é um quadro incrível do programa, mas um tanto cansativo e desgastante, inclusive, emocionalmente. Houve momentos em que a câmera não pode registrar o que se sente nas entrelinhas dos acontecimentos: funcionários burocratas, autoridades desumanas, seguranças autoritários, políticos dissimulados, profissionais oportunistas, assessores inescrupulosos. É uma enorme quantidade de energia que se esvai de se chegar em casa e apenas ter a vontade de deitar na cama e se deixar ser levado pelo sono. Ultimamente, minha energia pra trabalhar neste quadro não andava equilibrada. Portanto, não foi de todo mal ser dispensado pelo programa. Viria em boa hora. Seria timing bastante sincronizado. Passei um final de semana pensando profundamente em como seria viver sem fazer parte do programa que mudou a minha vida. Que me ajudou a divulgar um trabalho que eu tanto amo fazer: Meu show de stand-up, o 'Putz Grill…', que levou mais de 1 milhão de espectadores nesses 7 anos ao teatro e que foi até premiado! Através dele também consegui me tornar conhecido o suficiente para escrever uma 'Autobiografia Não Autorizada', e tirar sarro da minha própria vida perante os outros. Fiz na literatura algo que já fazia há anos em cima dos palcos. O 'CQC' deu felicidade me proporcionando conhecer pessoas como o Tom Cruise, ator que eu imitava no palco; Fernando Meireles, diretor que eu assisto no cinema; João Carlos Martins, o maestro cuja história pessoal e profissional eu admiro, José Saramago, escritor que eu li embevecido, cuja entrevista que eu fiz foi parar num documentário sobre ele, e o gênio do Silvio Santos!!! Me proporcionou sentir emoções à flor da pele, me fazendo ir à Ilha de Marajó conhecer crianças que viajam até 5 horas de barco para estudar, crianças do Piauí que estudam em escolas de chão batido, mães de Caxias no norte do país que perderam filhos recém-nascidos. Me proporcionou tristeza ao me tirar da bancada do programa, e, agora, do programa em si. Faz parte! O 'Custe o Que Custar' foi um grandessíssimo divisor de águas pra mim. Não teria como ser diferente. O saldo é positivo. Ri mais do que chorei. Ri muito. Ri de perder o fôlego inúmeras vezes em que saíamos na van do Apolo e o bullying corria solto, comigo e com todo mundo. Então agradeço ao Diego Barredo, o primeiro diretor do programa. Um cara que viu meu vídeo de stand-up enquanto ainda fazia o casting lá na Argentina pela internet e me chamou pra fazer testes pro programa. Pra toda a equipe, aos que foram, aos que ainda estão e aos que continuarão. Ao Gonzalo Marcó, que me proporcionou grande parte das matérias que eu fiz nesse período todo, aos repórteres que se foram e que ficaram, aos fãs que gostam de mim e me seguem (agradeço, apesar de questionar esse mal gosto de vocês). Aos jornalistas, blogueiros e colunistas sedentos pra que eu cuspa no prato que eu comi, informo: não tenho nada em vista. Nenhum projeto, nenhum convite, nenhuma emissora interessada. Só me restou a sarjeta. Já pensei sobre isso e tive uma importante decisão: rasparei a cabeça, chamarei um ex-aluno meu, comprarei um trailer, fabricarei metanfetamina com 96% de pureza, exterminarei o cartel e morrerei rindo. E que venha o futuro!" (Fonte MSN)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Cruzeiro barra Grêmio, vira na Arena e pode ser campeão no domingo

(Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press) Após primeiro tempo ruim, Cruzeiro se recuperou e virou para cima do Grêmio. No domingo, podemos ter o campeão do Brasileirão de 2014. Depois de um primeiro tempo muito ruim, o Cruzeiro conseguiu virar para cima do Grêmio, dentro da Arena, ganhou por 2 a 1 na noite desta quinta-feira e tem a chance de garantir o bicampeonato no Mineirão, na próxima rodada. Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro marcaram os gols cruzeirenses, enquanto Riveros fez o gremista no primeiro tempo. O time mineiro, que foi a 73 pontos, parou uma ascensão do Tricolor, que não perdia desde o início de outubro - seis partidas. O time gaúcho ficou em sexto na rodada, fora do G4, com 60 pontos. Na próxima rodada, o Tricolor enfrentará o Corinthians, em briga direta pelo G4, na Arena Corinthians, domingo, às 19h30. Já a Raposa joga no Mineirão, contra o Goiás, para se sagrar bicampeão brasileiro. ESFORÇO GREMISTA RECOMPENSADO A promessa era de uma jogão, pela disputa dos dois na ponta da tabela. No início, se viu muito chutão e pouco toque de bola, algo característico do time mineiro, que tentava marcar a saída de bola rival. Teve sucesso nos primeiros minutos, mas logo o Grêmio conseguiu se soltar. Zé Roberto finalizou de dentro da área e mostrou que o Tricolor não ficaria submetido a ela. E na verdade os gaúchos passaram a dominar o jogo. Logo aos 12 minutos, Barcos girou na área e cruzou. Ceará conseguiu tirar parcialmente. A bola subiu, parecia óbvio que Júlio Baptista ganharia no corpo de Riveros. Mas o paraguaio esticou a perna esquerda, dominou antes do cruzeirense e abriu o placar. O camisa 16 ganhou uma logística especial para retornar de Lima, onde jogou com o Paraguai. Esforço do clube recompensado em campo. Aos 31, quando Júlio Baptista deu a primeira finalização do Cruzeiro no jogo, o Grêmio já havia acertado a trave com Barcos, em cabeçada que correu a linha antes de ser tirada por Bruno Rodrigo, e perdido chance de dentro da área, com o multifunção Ramiro. Irreconhecível, a Raposa não criava. A dupla dinâmica Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart, que tão bem se entende, parecia ter sido apresentada na Arena, nesta noite. E Marcelo Oliveira ainda perdia jogadores: Ceará e Marquinhos sentiram problemas e deixaram o campo na etapa inicial. Luan, aos 38, recebeu de Dudu pelo meio e só não ampliou porque Samúdio se jogou na bola para salvar. RAPOSA MOSTRA POR QUE É LÍDER Tão logo a bola rolou, ficou claro que o primeiro tempo não se repetiria. O Cruzeiro voltou bem melhor. Willian entrou cara a cara com Grohe, mas finalizou errado. Parecia ter se dado um clique: "Oh, somos o líder e melhor time do Brasil'. Ricardo Goulart fez acrobacia para desviar bola aos 12 e não marcou por detalhe. "Uai, temos um jogo!", gritou o mineiro. "Bah, tchê, não tá morto quem peleia", respondeu o gaúcho. O crescimento do Cruzeiro, aliado à inércia gremista, resultou no empate. Após cobrança de escanteio, Júlio Baptista desviou e Willian finalizou. Marcelo Grohe espalmou, mas Ricardo Goulart, na pequena área, escorou para o gol e colocou um pingo de justiça no placar. O Tricolor se intimidou após o grande primeiro tempo e a Raposa mostrou a razão de ser o grande time do Brasil nos últimos dois anos. Ainda assim, o time de Felipão perdeu uma chance extraordinária: Bruno Rodrigo cortou errado cruzamento e deu passe para Barcos. Mas o Pirata, quase na pequena área, parou em Fábio. O que iniciou uma espécie de pressão gremista, com muitas bolas levantadas na área e escanteios. E deu o que o Cruzeiro mais gosta: um contra-ataque. Aos 30 minutos, o apagado Éverton Ribeiro recebeu de Mayke, invadiu a área tranquilamente e deslocou Grohe com um chute forte. A virada veio com a cara de líder, com a cara do melhor time do Brasil, com a cara do time que pode ser campeão no próximo domingo. FICHA TÉCNICA GRÊMIO 1 X 2 CRUZEIRO Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) Data-hora: 20/11/2014 – às 21h50 Árbitro: Vinicius Furlan (SP) Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) Público-renda: 43.012 (40.497 pagantes)- R$ 1.441.00,00 Cartões amarelos: Mayke, Samúdio, Willian Farias (CRU) Zé Roberto, Riveros, Pedro Geromel (GRE) Gols: Riveros - 12'/1°T (1-0), Ricardo Goulart - 20'/2°T (1-1), Éverton Ribeiro - 30'/2°T (1-2) GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Zé Roberto; Walace, Riveros (Alán Ruiz - 33'/2°T), Ramiro, Luan (Giuliano - 36'/2°T) e Dudu; Barcos (Lucas Coelho - 37'/2°T) - Técnico: Luiz Felipe Scolari. CRUZEIRO: Fábio; Ceará (Mayke - 22'/1°T), Léo, Bruno Rodrigo e Samúdio (Egídio - 19'/2°T); Willian Farias, Nilton, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Marquinhos (Willian -31'/1°T) e Júlio Baptista - Técnico: Marcelo Oliveira. (Fonte MSN)

Fred se diz desapontado com o time, mas critica torcida por 'olé'

(Foto Mário Farache/MOWA PRESS) Fred se diz desapontado com o time, mas critica torcida por 'olé' O Fluminense acabou goleado pela Chapecoense, no Maracanã, por 4 a 1. O atacante Fred se mostrou desapontado com a equipe pela derrota por um placar tão grande. "É triste, estou desapontado. A equipe deles fez um grande jogo, seguraram bem e foram fatais nos contra-ataques. Se formos analisar hoje, eles merecemos a vitória", confessou, na saída do campo. O Verdão do Oeste chegou a fazer 4 a 0 no placar. A torcida tricolor, presente em bom número ao Maracanã, chegou a gritar "olé" enquanto o adversário tocava a bola, fato que irritou Fred. "O torcedor quando ganha, aplaude. Chama de time de guerreiros. Quando perde, vaia. Faz parte. Isso é do futebol. Respeitamos o torcedor. Triste é ter de ouvir 'olé' da nossa própria torcida. Eu não gritaria 'olé' nunca, independente de qualquer situação", criticou o camisa 9. Com a derrota, a equipe das Laranjeiras ficou bem mais distante do sonho da vaga na Libertadores. "Difícil, mas não impossível", segundo Fred. Agora, o Tricolor está na sétima colocação, com 57 pontos, quatro a menos que o Atlético Mineiro, primeiro no G4. Na próxima rodada, os comandados de Cristóvão Borges jogarão como visitantes contra o Sport. O Leão está em 11° lugar, com 47 pontos, e, na última rodada, venceu o Palmeiras, por 2 a 0, na inauguração do Allianz Parque. (Fonte MSN)

Neymar chega atrasado a treino do Barcelona, leva 'bronca' e será multado

(Foto Reprodução/AS Neymar Atrasado Treino Barcelona 21/11/2014) O brasileiro Neymar foi flagrado pelo jornal As, da Espanha, chegando 15 minutos atrasado ao treino do Barcelona na última quinta-feira. Ele foi filmado ao entrar no CT da equipe catalã em seu carro de maneira apressada, saindo do veículo direto para os vestiários. Segundo o diário, o time azul-grená multará o brasileiro pelo atraso, já que o técnico Luis Enrique não tolera o desrespeito ao horário. Nos tempos de Barcelona B, ele aplicava multa de 100 euros por cada minuto atrasado. Neymar ainda levou uma "bronca" de um membro da comissão técnica do Barça, mas em tom de brincadeira. Ao ver o atacante chegar esbaforido, ele bateu no relógio, tirando sarro do jogador. O brasileiro, que esteve nos últimos dois amistosos da seleção brasileira, volta a campo pelo seu time neste sábado, contra o Sevilla, pelo Campeonato Espanhol. O duelo é importante para os catalães não se distanciarem do Real Madrid, que lidera La Liga com dois pontos de vantagem sobre Neymar, Messi e cia. (Fonte MSN)

Cientistas desenvolvem droga para substituir antibióticos

De acordo com o jornal britânico “The Times”, pesquisadores criaram o primeiro medicamento livre de antibióticos para tratar infecções bacterianas. Essa é uma das ações que faz parte de um grande desenvolvimento no combate à resistência aos medicamentos. Um pequeno teste feito com pacientes mostrou que o novo tratamento foi eficaz na erradicação da superbactéria MRSA, que é resistente à maioria dos antibióticos. O medicamento já está disponível como um creme para infecções da pele e os pesquisadores esperam criar uma pílula ou uma versão injetável dentro dos próximos cinco anos. Antibióticos estão perdendo a eficácia em uma taxa alarmante e irreversível. Os antibióticos têm sido um dos medicamentos mais importantes desde a descoberta da penicilina, quase 90 anos atrás, pelo escocês Alexander Fleming. Porém, a Organização Mundial de Saúde tem alertado repetidamente sobre a ameaça da resistência antimicrobiana, dizendo que “uma era pós-antibióticos – em que infecções comuns e pequenas lesões podem matar” é uma possibilidade muito real no século XXI. Você deveria se preocupar mais com a era pós-antibióticos. Segundo os cientistas, no entanto, essa nova tecnologia é menos propensa à resistência do que os antibióticos porque as infecções são atacadas pelo medicamento de uma forma completamente diferente. O tratamento utiliza enzimas chamadas endolisinas, que ocorrem naturalmente em vírus que atacam certas espécies bacterianas, mas não causam mal a micróbios benéficos. Resistência a antibióticos pode causar desastre “apocalíptico”. Mark Offerhaus, o Chefe do Executivo da empresa de biotecnologia holandesa Micreos, que está liderando a pesquisa, disse que o desenvolvimento das novas marcas de drogas é “uma nova era na luta contra bactérias resistentes a antibióticos”. Offerhaus ainda acrescenta que milhões de pessoas têm a ganhar com a pesquisa. (Hype Science)

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Morre aos 91 anos Samuel Klein fundador das Casas Bahia

Samuel Klein (Zaklików, 15 de novembro de 1923 — São Paulo, 20 de novembro de 2014) foi um empresário brasileiro, fundador da conhecida rede de lojas de departamento Casas Bahia . Nascido na Polônia numa família judaica, era naturalizado brasileiro. Biografia: Filho de Sucker e Sveza Klein, Samuel começou a trabalhar com o tio como marceneiro até a invasão dos nazistas, quando foi levado para Majdanek com o pai. Majdanek era o terceiro maior campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Klein foi com o pai para Majdanek, enquanto a mãe e os irmãos foram para Treblinka. Foi levado junto com outros prisioneiros para Auschwitz-Birkenau em 1944, após a libertação da Polônia. Caminharam 50 quilômetros a pé até o rio Vístula (maior Rio da Polônia). Fugiu dos soldados numa tentativa ousada no dia 22 de julho. Suas palavras: "Fui me escondendo e entrando no trigal cada vez mais. Não sei para onde estava indo, mas tinha a certeza de me afastar do grupo." Passou a noite na plantação. Ao acordar, encontrou-se com polacos cristãos também fugidos, que o acolheram e ajudaram a fugir. Samuel chegou a voltar para sua antiga casa, que estava totalmente arrasada. Trabalhou numa pequena fazenda nas proximidades em troca de comida. Com o fim da guerra, encontrou-se com a irmã Sezia e o irmão Salomon (que vivem em Nova Iorque). Depois da guerra, os irmãos Klein foram para a Alemanha administrada pelos norte-americanos. Conseguiram reencontrar vivo o pai. Viveram em Munique de 1946 até 1951. Nesta grande cidade alemã, Samuel conheceu Chana, com quem se casou. Sentiram que era hora de deixar a Europa e reconstruir a vida em outro lugar. O pai foi para Israel, junto com a outra irmã Esther. Samuel queria emigrar para os Estados Unidos, mas não conseguiu. A cota de emigração estava cheia. Decidiu ir para a América do Sul, onde tinha alguns amigos. Conseguiu visto para a desconhecida Bolívia e lá chegou com a esposa e o filho. Em 1952 a Bolívia vivia uma situação social muito complicada, com disputas políticas violentas e uma revolução em curso. Klein recordou-se de uma tia que vivia no Rio de Janeiro. Com a mulher e o filho embarcou no primeiro avião de La Paz para a então capital brasileira. Em menos de dois meses conseguiu autorização para viver no Brasil.
Estabeleceu-se em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo com a família. Foi quando começou a trabalhar como comerciante. Tornou-se mascate, vendendo roupas de cama, mesa e banho de porta em porta, com uma charrete. Em cinco anos de dedicado trabalho, conseguiu capital para comprar uma loja chamada Casa Bahia. Era a sua homenagem a seus fregueses, na maioria retirantes baianos vindo tentar a sorte na região1 . Hoje são mais de 560 lojas e o maior depósito de distribuição da América Latina. As Casas Bahia tornaram-se uma das maiores redes de varejo do País. Uma de suas mais recentes ações comunitárias foi o apoio à reforma da sede do Macabi, clube desportivo judaico, na Avenida Angélica. Quem conhecia o clube antes das obras e vai visitá-lo agora, fica surpreso com as novas e modernas instalações que encontra. E por tudo isso que a Diretoria do Macabi achou por bem dar ao edifício, totalmente reformado, o nome de Samuel Klein. Morte: Klein morreu em 20 de novembro de 2014 vítima de insuficiência respiratória no Hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo Bibliografia: AWAD, Elias. Samuel Klein e Casas Bahia: uma Trajetória de Sucesso. Osasco: Novo Século Editora, 2005. ISBN 9788576790020 (Fonte Wikipedia)

Um ingrediente comum nos sabonetes pode causar doença hepática

Triclosan é um agente antimicrobiano comumente encontrado em sabonetes, xampus, cremes dentais e outros itens domésticos. Apesar do seu uso generalizado, uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia em San Diego (EUA) concluiu que a exposição a longo prazo a esse produto químico pode ter consequências potencialmente graves. Sabonete antibacteriano pode prejudicar os músculos. O uso prolongado de triclosan pode provocar fibrose hepática e câncer, como aconteceu com ratos de laboratório. Eles ficaram sujeitos às doenças através de mecanismos moleculares que também são relevantes em humanos. “Há um risco muito real de toxicidade do fígado para as pessoas, como acontece em ratos, especialmente quando combinado com outros compostos com ação semelhante”, disse Robert H. Tukey, que liderou o estudo, juntamente com Bruce D. Hammock, professor da Universidade da Califórnia em Davis. Como o composto atrapalha a saúde Na pesquisa, o composto comprometeu a função hepática em ratos. Os animais expostos ao triclosan durante seis meses (aproximadamente 18 anos humanos) foram mais susceptíveis a tumores do fígado induzidos por químicos. Os tumores eram também maiores e mais frequentes do que em ratos não expostos à substância. Produtos comuns, incluindo sabonetes, podem conter tóxicos extremamente nocivos à saúde O estudo sugere que o triclosan pode causar danos por interferir com o receptor androstano constitutivo, uma proteína responsável pela desintoxicação de produtos químicos do corpo. Para compensar esse estresse, as células do fígado se proliferam e ficam fibróticas ao longo do tempo. Exposição repetida ao triclosan e fibrose hepática contínua eventualmente levam a formação de tumores. Triclosan é talvez o antibacteriano mais onipresente nos produtos de cuidados e limpeza. Segundo os pesquisadores, poderíamos reduzir o uso desse composto em produtos onde ele aparece em altas quantidades e oferece pouco benefício, como em sabonetes líquidos. Porém, poderíamos continuar usando a substância em produtos onde ela aparece em menor quantidade e seu valor para a saúde é maior, como em cremes dentais. (Fonte HypeScience.com)

Filho de Pelé, Edinho consegue liminar e é solto em Santos

(Foto Gazeta Press) Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi solto na noite desta quarta-feira e deixou a cadeia anexa ao 5º Distrito Policial de Santos, no litoral paulista. O ex-goleiro, preso na terça, teve o habeas corpus impetrado por sua defesa acatado pela Justiça de São Paulo. Edinho foi condenado a pena de 33 anos e 4 meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. Ele respondia em liberdade, mas foi preso enquanto cumpria medida cautelar que o obrigava a se apresentar mensalmente à Justiça. "Estou feliz e vou para casa abraçar a família. Boa noite", disse Edinho, brevemente, ao deixar a Cadeia Pública de Santos - o filho de Pelé passou a noite anterior, a de sua prisão, na carceragem da delegacia-sede da Praia Grande e foi transferido pela manhã. Além de Edinho, outros quatro réus receberam penas idênticas no último dia 30 de maio, dentre eles o traficante Naldinho, que era o chefe da operação, está desaparecido há mais de cinco anos e é considerado foragido. Edinho não teve muito sucesso na sua carreira como futebolista. Revelado no Santos em 1990, já com 20 anos, o goleiro passou pela Portuguesa Santista e pelo São Caetano antes de retornar ao alvinegro praiano e ser titular no vice-campeonato brasileiro de 95. Considerado um goleiro mediano, ficou no clube até 1998, quando se transferiu para a Ponte Preta. No entanto, mais um problema com a justiça o fez encerrar a carreira aos 29 anos, depois de ser condenado por homicídio devido à morte de uma pessoa durante um "racha" que o jogador tirou em Santos. Em 2005, ele foi absolvido do crime. (Fonte MSN)

A Terra é OCA, mas é segredo da Nasa?

Particularmente não acredito nesta Teoria. Mas é um assunto interessante de se ver, por isso Publiquei este vídeo!

Doença rara faz com que unhas cresçam pelo corpo de mulher

Uma doença considerada inédita tem atormentado a vida de uma mulher. A condição faz com que surjam espécies de unhas em todo seu corpo. Desde setembro de 2009, Shanya sofre com um problema nunca antes visto pelos médicos. A garota sofreu graves crises de asma nesse período, e, após ser internada e medicada, iniciou um processo de reação alérgica incomum e insuportável. Segundo sua família, ela se coçava de forma agressiva, e as altas doses de medicamentos não lhe ajudavam a contornar a situação. Foi então que uma crosta escura e sólida apareceu sobre a pele da paciente. Uma doença considerada inédita tem atormentado a vida de uma mulher. A condição faz com que surjam espécies de unhas em todo seu corpo. Tal “novidade” começou a se quebrar ao longo do seu corpo, deixando os médicos perplexos. Após diversos exames e tentativas frustradas de tratamento, especialistas alertaram que provavelmente ela teria que conviver com o problema pelo resto da vida. Eles também não podiam dar certeza do que estava ocorrendo em seu organismo para causar tal reação, principalmente pelo fato de que algumas estruturas, como unhas, estavam surgindo por toda a parte, substituindo os cabelos e pelos da garota.
Após uma busca por ajuda, em 2011 a Universidade de Johns Hopkins aceitou tentar ajudar Shanya. Análises e estudos diversos fizeram com que os médicos locais descobrissem que o corpo da paciente possui cerca de 12 vezes mais células da pele em cada folículo do que qualquer pessoa normal.
Tal feito faz com que o organismo de Shanya produza unhas humanas no lugar dos pelos. Especialistas acreditam que a doença seja motivada por falta crônica de algumas vitaminas, fazendo com que sua pele não receba a quantidade suficiente de oxigênio.
Como a paciente vinha piorando sua condição, uma medida de emergência foi adotada, removendo as “unhas” da cabeça da jovem. Os médicos pretendem repetir o processo em outras partes do corpo da garota.
Por conta da doença, Shanya mal consegue andar sozinha. Além disso sua família não tem mais condições de arcar com os tratamentos, incluindo medicamentos e almofadas especiais que mensalmente ultrapassam os gastos de R$ 50 mil. Ao todo seu tratamento já ultrapassou a casa dos R$ 2 milhões. Apesar disso, os médicos continuam estudante sua condição a fim de chegar a uma possível cura para a doença nunca antes vista. (Fonte Gadoo)

Mulher dorme ao lado de cadáver apodrecido da mãe há cinco anos

Uma mulher estava dormindo ao lado do cadáver mumificado da mãe há cinco anos. O incidente ocorreu em Munique, na Alemanha. O corpo da mãe de 83 anos de idade era mantido na residência pela filha. Vizinhos suspeitavam que algo teria ocorrido após perceberem que não viam mais a moradora idosa. Após a filha da falecida mulher se recusar a atender chamadas e permitir que funcionários dos serviços sociais entrassem na residência, policiais foram chamados. As autoridades encontraram o cadáver mumificado na mesma cama em que acusada, de 55 anos, dorme. O incidente ocorreu em Munique, na Alemanha. A filha, que não foi identificado, admitiu que a mãe faleceu em 2009, e que continuava dormindo com a mulher desde então. Ela foi encaminhada para realizar tratamentos psiquiátricos. Não foram encontrados indícios de crime no corpo. (Fonte Gadoo)

Ex-ministro Márcio Thomaz Bastos morre aos 79 anos

(Foto Dida Sampaio/Estadão) O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, de 79 anos, morreu na manhã desta quinta-feira, 20. Ele foi internado na terça-feira, 18, no Hospital Sírio-Libanês em razão de uma complicação pulmonar. Thomaz Bastos foi ministro entre 2003 e 2007, nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também presidiu a OAB-SP entre os anos 1983 e 1985. O advogado criminalista atuou ainda em julgamentos como o do processo do mensalão, na defesa de réus ligados ao Banco Rural, e na acusação dos envolvidos na morte do ativista ambiental Chico Mendes. Atualmente ele era o coordenador da defesa de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. "São Paulo e o Brasil perderam um dos seus maiores advogados. Eu me recordo que, quando Márcio me contou que acabara de ser convidado pelo Lula para ser ministro da Justiça, eu disse a ele: 'O Brasil vai ter um grande advogado a defendê-lo'", disse o ex-ministro da Justiça José Carlos Dias, titular da pasta no governo Fernando Henrique Cardoso. Thomaz Bastos nasceu em Cruzeiro, no interior de São Paulo, em 1935 e formou-se em direito pela Universidade de São Paulo (USP) em 1958. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro. (Fonte MSN)

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Butantã vai fazer soro contra o Ebola

O Instituto Butantã está se preparando para desenvolver um soro contra o vírus Ebola, em parceria com o Instituto Nacional da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. Segundo o diretor do instituto paulista, Jorge Kalil, os últimos trâmites estão sendo feitos para a assinatura do contrato com o NIH e, se as autoridades brasileiras liberarem a pesquisa, o novo soro estará disponível dentro de nove meses para aplicação em humanos. Kalil explicou que o soro é diferente de uma vacina. Na aplicação de vacinas, ocorre a chamada “indução de imunidade ativa”: o organismo é induzido a produzir os próprios anticorpos. Já na aplicação de soros o que ocorre é a “indução de imunidade passiva”. “Nesse caso, pegamos os anticorpos já produzidos por outra pessoa, ou por outro animal.” Raiva: O novo soro deverá ser desenvolvido com base na imunização de cavalos com o vírus da raiva, em versão modificada com a proteína do Ebola. Assim que o contrato for assinado, segundo Kalil, o NIH enviará o material biológico necessário para a imunização. “Acreditamos que a chance de dar certo é muito grande, porque a proteína do Ebola que nos interessa para produzir o soro está na estrutura do vírus da raiva. Nós temos uma experiência muito grande na produção do soro contra o vírus da raiva. Muito provavelmente vamos conseguir um soro neutralizante contra o Ebola semelhante ao soro da raiva”, disse Kalil. O tratamento que mostrou mais eficácia até agora contra o Ebola foi o coquetel Zmapp: uma mistura de três anticorpos que se prendem às proteínas do vírus do Ebola, ativando o sistema imunológico para que ele seja destruído. “Se o Zmapp funciona, imaginei que o soro tradicional feito com base na imunização de cavalos também poderia funcionar. Entrei em contato com o NIH, fui para os Estados Unidos apresentar a ideia e assinaremos os contratos de propriedade intelectual e confidencialidade. A colaboração terá início em breve”, afirma. Uma vez que os cavalos forem imunizados, os cientistas verificarão se o organismo dos animais foi induzido a produzir, em grande quantidade, anticorpos neutralizantes. Depois de uma série de testes de toxicidade no Brasil, os americanos farão testes de inibição do soro com modelos de macacos. (Fonte MSN)

Philae encontra em cometa moléculas que são a base da vida

( Foto: Divulgação/ESA) Moléculas orgânicas e gelo foram encontrados no cometa 67P pela sonda Philae. A descoberta foi anunciada pelo Centro Aeroespacial Alemão (DLR, na sigla em alemão) nesta semana. A Philae participa da missão Rosetta. Na atmosfera do cometa 67p, ela localizou moléculas orgânicas. Caracterizadas por conterem átomos de carbono, essas moléculas são a base da vida na Terra. Agora, os cientistas analisam os dados para saber se os compostos orgânicos encontradas são do tipo simples (como o metano e o metanol) ou do complexo (como os aminoácidos, que formam as proteínas). Além das moléculas orgânicas, Philae também confirmou a presença de gelo na superfície do cometa 67p. De acordo com especialistas do DLR, a camada de gelo do astro é mais dura do que se imaginava anteriormente. "Nós coletamos uma grande quantidade de dados importantes, que só poderia ser adquirida por meio de contato direto com o cometa", afirmou Ekkehard Kührt, diretor científico do projeto na DLR, em nota divulgada no site do órgão. Estudos já indicavam a presença de moléculas orgânicas em cometas. A suspeita é que esses astros, surgidos há 4,5 bilhões de anos, tenham trazido compostos orgânicos do espaço para a Terra. (Fonte MSN

Papa vai rifar presentes ganhos para levantar recursos aos pobres

(Foto: Tony Gentile/Reuters) Um pôster recentemente afixado nos arredores do Vaticano anuncia a rifa de 13 objetos e mais outros 30 "prêmios de consolação" não especificados. No passado, a maioria dos presentes dados aos papas era discretamente repassada para missões e outras instituições da igreja, ou acabava acumulando poeira em algum depósito do Vaticano. Francisco, o primeiro papa latino-americano, fez da preocupação com os pobres uma das principais marcas de seu papado. Ele recentemente ordenou a instalação de chuveiros ao redor do Vaticano para que os sem-teto da região pudessem tomar banho. O valor da rifa é de 10 euros (32,4 reais) e os vencedores serão anunciados no dia 8 de janeiro. (Fonte MSN/Reportagem de Philip Pullella)

Juiz decreta prisão preventiva de ex-diretor da Petrobras e outros 5 na Lava Jato

( Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters) Um juiz federal em Curitiba decidiu nesta terça-feira decretar a prisão preventiva do ex-diretor de Engenharia, Tecnologia e Materiais da Petrobras Renato Duque e de outros cinco presos na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, além de decretar a libertação de 11 presos. A decisão do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sergio Moro, foi tomada depois que a PF pediu à Justiça a prorrogação das prisões temporárias de Duque e de cinco executivos de empreiteiras presos na última sexta-feira na sétima fase da Operação Lava Jato. O Ministério Público havia solicitado a conversão da prisão temporária de Duque e de outros 10 envolvidos em prisão preventiva. Tiveram a prisão preventiva decretada executivos da OAS, UTC e Camargo Corrêa. Também nesta terça-feira, Moro determinou a quebra do sigilo bancário de Duque e de outros envolvidos na Lava Jato, além de empresas. No pedido encaminhado a Moro, o delegado Márcio Anselmo, da Polícia Federal, argumentou que ainda não foi possível analisar todo o material apreendido na operação nem confrontar declarações divergentes dadas pelos detidos. O prazo das prisões temporárias vencia nesta terça-feira. O juiz expediu alvarás de soltura para 11 presos, que não poderão mudar de endereço sem prévia autorização judicial e terão de entregar seus passaportes, inclusive eventuais passaportes de outras nacionalidades, no prazo de cinco dias. De acordo com os alvarás de soltura, eles também terão de comparecer a todos os atos processuais quando convocados. Entre eles estão executivos das empresas Iesa, Queiroz Galvão, OAS, UTC e Engevix. O delegado citou em seu pedido uma declaração de Erton Medeiros da Fonseca, diretor-presidente da Galvão Engenharia, que teria afirmado que realizou "pagamento de vantagens ilícitas" à diretoria de Duque quando o executivo estava na Petrobras. Em nota divulgada na segunda-feira, a assessoria de imprensa de Duque afirmou que ele disse em depoimento à PF desconhecer a existência de um cartel formado por fornecedores da Petrobras e negou envolvimento em atividades criminosas. Também nesta terça-feira Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, se entregou na sede da Polícia Federal em Curitiba. Ele estava foragido depois de ter a prisão decretada na Lava Jato. Baiano é apontado como o operador do PMDB no suposto esquema de desvio de recursos da Petrobras. Em depoimento à Justiça do Paraná em outubro, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso em uma fase anterior da Lava Jato e posteriormente colocado em prisão domiciliar por conta de um acordo de delação premiada, disse que empreiteiras formaram um cartel e cobravam sobrepreço nos contratos com a estatal. De acordo com Costa, parte desse sobrepreço era destinado a partidos políticos como PT, PP e PMDB e outra parte ficava com os diretores envolvidos e com os operadores responsáveis por repassar os recursos do esquema, entre eles o doleiro Alberto Youssef, também preso na Lava Jato e também em processo de delação premiada. MAIS DELAÇÕES Em entrevista à Reuters na segunda-feira, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima disse que o Ministério Público tem feito sondagens com diversas pessoas e empresas interessadas em ajudar as investigações em troca de acordos de leniência ou de colaboração. Ele disse que já foram feitos acordos para a devolução de cerca de 420 milhões de reais aos cofres públicos, mas disse esperar que esse valor cresça com prováveis novos acordos. O procurador disse também acreditar que o suposto esquema de desvio de recursos vá além dos contratos firmados com a Petrobras. "Nós temos uma noção que nós vamos ir além da Petrobras. Isto não é um esquema que se restringe à Petrobras", avaliou. Ele disse que o esquema pode ter atingido outras empresas públicas que contratam obras de grande valor e que demandam especialização específica, assim como as da Petrobras. Ele, no entanto, disse ser "prematuro" citar outras estatais que teriam sido alvo do esquema. (Fonte MSN/Por Caroline Stauffer)

Justiça confirma pena de mais de 33 anos, e filho de Pelé é preso mais uma vez

(Gazeta Press Santos Edinho treino 30/05/1996) Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi mais uma vez preso na tarde desta terça-feira. O ex-goleiro terá de cumprir a pena de 33 anos e 4 meses por conta de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. Edinho foi condenado à pena ainda em julho, mas ficou uma semana atrás das grades e acabou libertado para aguardar o julgamento em liberdade. Além de Edinho, outros quatro réus receberam penas idênticas, dentre eles o traficante Naldinho, que era o chefe da operação, está desaparecido há mais de cinco anos e é considerado foragido. Edinho não teve muito sucesso na sua carreira como futebolista. Revelado no Santos em 1990, já com 20 anos, o goleiro passou pela Portuguesa Santista e pelo São Caetano antes de retornar ao alvinegro praiano e ser titular no vice-campeonato brasileiro de 95. Considerado um goleiro mediano, ficou no clube até 1998, quando se transferiu para a Ponte Preta. No entanto, mais um problema com a justiça o fez encerrar a carreira aos 29 anos, depois de ser condenado por homicídio devido à morte de uma pessoa durante um "racha" que o jogador tirou em Santos. Em 2005, ele foi absolvido do crime. (Fonte MSN)

WhatsApp adota criptografia para proteger mensagens em trânsito

Uma ferramenta para proteger a privacidade, apoiada por Edward Snowden, evita que as mensagens de WhatsApp sejam espionadas, criptografando-as quando viajam pela internet, anunciaram nesta terça-feira empresas vinculadas ao setor. A Open Whisper Systems anunciou uma aliança com o Facebook, proprietário do WhatsApp, com a finalidade de usar um protocolo de textos seguros (TextSecure) para codificar mensagens em trânsito e escondê-las de olhares indiscretos. "O WhatsApp merece enormes elogios por dedicar um tempo considerável e um esforço a este projeto", indicou a empresa Open Whisper Systems em nota publicada em um blog. "Embora estejamos ainda no começo desta implementação, achamos que isto já representa o maior desenvolvimento da comunicação criptografada (...) na história", acrescentou a nota. O WhatsApp confirmou o anúncio à AFP, mas se recusou a fazer mais comentários. O TextSecure é ativado automaticamente, já que, está incluído por default na versão mais recente do WhatsApp para celulares equipados com Android, onde são trocadas bilhões de mensagens diariamente, informou a Open Whisper. O co-fundador do WhatsApp "Brian Acton e a equipe de engenheiros do WhatsApp trabalharam incrivelmente nisto", acrescentou Open Whisper, um projeto apoiado por doações e subvenções. Ao fazer parte da conferência South By Southwest, no começo deste ano, a ex-funcionária da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, em inglês) apoiou estas ferramentas para criptografar criadas pela Open Whisper. Snowden se conectou à conferência pela internet da Rússia, onde se refugiou depois de vazar informações sobre a vigilância na internet em nível mundial por parte da NSA. Em outubro, o Facebook completou a compra por 22 bilhões de dólares do aplicativo para celulares WhatsApp, usada por 600 milhões de pessoas. (Fonte MSN)

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Um beijo pode transferir 80 milhões de bactérias, diz estudo

Smitha Mundasad Repórter de Saúde da BBC News Um estudo realizado na Holanda sugere que um único beijo de dez segundos pode transferir até 80 milhões de bactérias. Os pesquisadores, da Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada, monitoraram beijos de 21 casais e descobriram que os que se beijavam nove vezes por dia tinham probabilidades maiores de compartilhar bactérias presentes na saliva. Outras pesquisas sugerem que podem existir mais de 700 tipos diferentes de bactérias na boca. Agora, este novo estudo revela que algumas destas bactérias são compartilhadas mais facilmente que outras. A pesquisa foi publicada na revista especializada Microbiome. Questionário A equipe de pesquisadores holandeses mapeou - através de entrevistas - os hábitos dos 21 casais relativos à troca de beijos. Os cientistas então colheram amostras de bactérias das línguas e saliva dos voluntários antes e depois de um beijo de dez segundos. Um membro do casal então bebeu um probiótico, que continha uma mistura de bactérias que poderiam ser facilmente identificadas. No segundo beijo do casal de voluntários, após o consumo da bebida probiótica, os cientistas conseguiram detectar o volume de bactérias transferidas para o parceiro - cerca de 80 milhões de bactérias. Os cientistas observaram ainda que a população de bactérias na saliva parecia mudar rapidamente em resposta a um beijo, enquanto que a da língua permanecia mais estável. "O beijo de língua é um ótimo exemplo de exposição a um número gigantesco de bactérias em um tempo curto", disse Remco Kort, professor que liderou a pesquisa. "Mas apenas algumas bactérias transferidas de um beijo parecem se estabelecer na língua. Mais pesquisas devem analisar as propriedades da bactérias e da língua que contribuem para este poder de fixação." "Este tipo de investigação pode nos ajudar a criar, no futuro, terapias (para enfrentar as) bactérias e ajudar as pessoas que têm problemas com bactérias", acrescentou o cientista. Museu do micróbio Os cientistas holandeses trabalharam em parceria com o museu Micropia, considerado o primeiro museu sobre micróbios do mundo e com sede em Amsterdã. Em uma exposição recém-inaugurada, casais são convidados a se beijar e recebem uma análise instantânea das bactérias que compartilharam. E um número cada vez maior de pesquisadores está analisando o chamado microbioma, um ecossistema de cerca de 100 trilhões de micro-organismos que vivem em nossos corpos. Os cientistas afirmam que estas populações podem ser essenciais para a saúde e prevenção de doenças. (Fonte MSN)

Dunga inova nos treinos e ganha respaldo do grupo

Treino do Brasil (Foto: Eduardo Mendes) Os jogadores da Seleção Brasileira não costumam ficar menos do que uma hora e meia em campo nos treinamentos comandados por Dunga. No domingo, em Viena, o trabalho chegou a durar quase duas horas. Com uma metodologia diferente de trabalho, o técnico inova na preparação e tem resposta positiva do grupo. Os treinos, além da intensidade, também estimulam o raciocínio em curto espaço de tempo. Até o tradicional dois toques é feito de forma diferente. Em um mesmo treinamento, Dunga costuma aplicar pelo menos quatro atividades distintas. Na Áustria, quando teve quatro dias para trabalhar, não realizou coletivos, porém priorizou aperfeiçoar a velocidade da equipe. - Se tenho uma Ferrari e vou para a Fórmula 1, não posso treinar com velocidade de um kart porque quando botar na velocidade de Fórmula 1... Futebol é assim. Tem de treinar parecido com o jogo. Se o jogo é rápido, treino também será rápido. Precisa treinar conformar acontecerá no jogo - comparou. Em 2010, quando dirigiu a Seleção na Copa da África, Dunga contou que deixou um livro com CBF no qual detalhava todos os treinamentos e qual a função de cada um. De lá para cá, estudou, procurou inovar e, mesmo assim, reconhece que precisará variar mais justamente pelo fato de os jogadores conseguirem rapidamente entender o que ele pede. - O jogador brasileiro é inteligente. Quando se faz um treinamento, ele se adapta rapidamente. Então precisa colocar outra dinâmica para ele se esforçar. Todos os treinos são montados com muito gosto e é tem o objetivo de fazer o jogar pensar sempre. Eu a comissão técnica sentamos, observamos e falamos também com a preparação física para ver a intensidade e o volume. Temos uma programação diária e é impressionante a forma como os jogadores treinam - explicou Dunga. No último período de jogos e treinos de 2014, os jogadores fizeram questão de ressaltar a qualidade dos treinamentos. - Cada técnico tem a forma de trabalhar. Os jogadores estão muito felizes com essa forma de trabalhar. A intensidade é máxima e é muita qualidade. No velho bobinho, o pessoal quase não perde a bola. ESSA qualidade do treino faz com que a competição seja muita grande a concorrência para pegar uma vaga até mesmo entre os 23 - comentou Filipe Luís. (Fonte MSN)

Cúpula da CBF consultou Ricardo Teixeira antes de contratar Dunga e ouviu que foi erro demiti-lo em 2010

Dunga cumprimenta Ricardo Teixeira, presidente da CBF em 2006 O nome de Dunga na seleção brasileira foi definido logo depois da decisão da dispensa de Felipão, dias depois da derrota para a Holanda na decisão de terceiro e quarto lugares da Copa do Mundo. Mas houve uma pergunta: "se o Dunga é bom, por que foi demitido em 2010?" Para dirimir a última dúvida, a cúpula da CBF telefonou para o ex-presidente Ricardo Teixeira e o consultou. A resposta foi: "Ele é bom. Foi um erro dispensá-lo em 2010." A revelação foi feita por um dirigente da CBF próximo a José Maria Marin. Dunga é o primeiro treinador a conquistar cinco vitórias em seus cinco primeiros jogos desde João Saldanha, em 1969. Saldanha estreou vencendo amistoso contra a seleção peruana por 2 a 1. Na sequência, ganhou novamente da seleção peruana por 3 a 2, da Inglaterra por 2 a 1, da Colômbia por 2 a 0 e da Venezuela por 5 a 0. O sexto compromisso registrou vitória sobre o Paraguai, em Assunção, por 3 a 0, pelas eliminatórias da Copa de 1970. O ataque de Saldanha era melhor do que o de Dunga -- 14 gols pró contra 12 gols pró. Mas a seleção que seria campeã mundial em 1970 sofreu quatro gols em cinco partidas, e a de Dunga não levou nenhum ainda. Hoje, o Brasil jogará em Viena contra a Áustria. A última visita da seleção à capital austríaca aconteceu em 1988. Sob o comando de Carlos Alberto Silva, venceu por 2 a 0, com golaço de Andrade. Dunga já havia estreado na seleção, convocado pelo próprio Carlos Alberto Silva, mas não fez parte daquela convocação. (Fonte MSN)

Adolescente morre após ir à UPA com dor no peito e ser diagnosticado com ‘abalo psicológico’

VITÓRIA - Um adolescente de 14 anos morreu nos braços do pai menos de 12 horas após ser atendido por uma enfermeira e uma assistente social na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Serra Sede, na Grande Vitória. Carlos Henrique dos Santos Pereira chegou à Upa na manhã de sábado sentindo fortes dores no peito e foi atendido por uma enfermeira que faz a classificação de risco em pacientes. A enfermeira, segundo a família, não diagnosticou a gravidade do caso e encaminhou Carlos Henrique para uma assistente social, que deu alta ao jovem atestando que ele estava apenas abalado psicologicamente. Em nenhum momento o adolescente foi avaliado por um médico. — Cheguei a pensar que estava conversando com uma pediatra e no final descobri que era assistente social. Eu perguntei: 'vocês não vão fazer nenhum tipo de exame nele?' Elas disseram que não porque o caso não era grave. Ela simplesmente olhou para ele, nem tocou no meu filho— disse a mãe do jovem, a auxiliar de serviços gerais Roseni Oliveira, em entrevista à TV Gazeta, afiliada da Rede Globo no Espírito Santo. A mãe contou que o adolescente, que cursava a sexta série do ensino fundamental, começou a passar mal na semana passada com um quadro de tosse e respiração ofegante e que caminhava com dificuldade. Por volta das 7h de sábado, ela levou o filho à Upa. Carlos Henrique tinha uma dificuldade na fala e não conseguia pronunciar corretamente as palavras. Por isso, segundo a mãe, a assistente social entendeu o gesto de falar pouco como um sinal de que o adolescente sofria bullying. A assistente social recomendou que ele fosse para casa e que, na segunda-feira, procurasse uma unidade de saúde para realizar uma nova avaliação. Por volta das 17h30 de sábado, o adolescente voltou a passar mal, em casa, e desta vez o pai o levou a Upa de Serra, de ônibus. — Ele já não estava mais lúcido quando teve a primeira convulsão. Carreguei ele nos braços dentro do ônibus. Antes de desmaiar, ele me deu um abraço bem apertado, me deu um beijo. Senti que ele estava partindo. Ele não merecia aquilo que ela [assistente social] fez, mandar ele morrer em casa. Ela deveria ter, pelo menos, pedido uns exames nele. Acho que a prefeitura e o governo devem observar com muito critério o profissional que estão contratando. Não aguento pensar na forma que meu filho foi tratado— desabafou o pai Ronaldo Pereira. Ao chegar na Upa, os médicos de plantão tentaram reanimar o menino, mas ele já estava morto. O corpo do adolescente foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbito e depois para o Instituto Médico Legal. O velório e enterro aconteceram no domingo. Ainda não se sabe se o adolescente foi vítima de infarto. Um laudo com a causa da morte deve ficar pronto em 30 dias. A prefeitura de Serra, que administra a Upa, defendeu os profissionais que trabalham na unidade, mas abriu um procedimento para investigar a conduta da enfermeira e da assistente social. — Quem faz a classificação de risco é um enfermeiro capacitado para tal. Na nossa rotina se não tem risco ele encaminha para o serviço de referência para ter acesso ao tratamento. Abrimos uma sindicância para apurar o caso e já afastamos as duas profissionais— disse a secretária interina de saúde de Serra, Eida Borges. O Conselho Regional de Enfermagem e o Conselho Regional de Assistência Social ainda não se pronunciaram sobre a conduta das duas profissionais. (Fonte MSN Agência O Globo - 21 horas atrás)